ARTECAMINHANDO

ARTECAMINHANDO

Comentários desativados em ARTECAMINHANDO

Este trabalho monográfico observa o ensino atual da aula de arte dentro do ambiente escolar, para abordar questões como arte e conhecimento. Buscando respostas de como deve ser vista e apreendida à arte por nossas crianças. A multidisciplinaridade ocorre? E de que maneira a arte pode contribuir para o desenvolvimento do sujeito.

Arte-Educação e pedagogia de projetos: apontamentos para uma educação cultural

Arte-Educação e pedagogia de projetos: apontamentos para uma educação cultural

Comentários desativados em Arte-Educação e pedagogia de projetos: apontamentos para uma educação cultural

Tema de grande relevância e foco de discussões por todo o mundo, a educação, ao
longo dos anos, vem sendo abordada em inúmeras pesquisas e ações para que se possam
encontrar maneiras cada vez mais eficientes de educar, transmitir conhecimentos, partilhar
experiências, trocar informações e gerar discussões em torno de diversos assuntos, dentro
de um mesmo ambiente, a escola.
Procuramos neste trabalho buscar embasamentos acerca de como realizar estudos
da cultura nas escolas de ensino fundamental, a partir da hipótese de que a inclusão de tal
estudo da cultura é imprescindível e visando entender, através das investigações, como tal
ensino poderia ser praticado.
A investigação histórico-bibliográfica e os questionários aplicados em uma escola
alinhada com a pedagogia de projetos levaram-nos a concluir que a “educação cultural” é
fundamental para a formação do senso crítico, discussão e reflexão sobre cultura e seus
conceitos e a criação de espaços para que os estudantes opinem sobre os temas mais
variados dentro da sala de aula.

OS ENCONTROS DA EDUCAÇÃO E DA CULTURA.

OS ENCONTROS DA EDUCAÇÃO E DA CULTURA.

Comentários desativados em OS ENCONTROS DA EDUCAÇÃO E DA CULTURA.

Ao longo dos anos cresce o número de autores que vem discutindo a intrínseca relação existente entre a cultura e a educação. Para além do debate puramente dito, cresce também o número de iniciativas, sejam elas públicas ou privadas, que vem trabalhando para unir essas duas áreas. No presente trabalho temos como objetivo propor a atuação do produtor cultural dentro das instituições escolares, tomando como base que a escola tem se tornado espaço público de encontro, diálogo e construção de cidadãos produtores de cultura.

A Produção Cultural e a Educação SOKA – A cultura de criação de valores humanos

A Produção Cultural e a Educação SOKA – A cultura de criação de valores humanos

Comentários desativados em A Produção Cultural e a Educação SOKA – A cultura de criação de valores humanos

Este trabalho pretende estabelecer e potencializar a relação entre produção cultural e educação, entendendo esta última em sentido amplo, através da análise da relação entre produção cultural e educação através da Educação Soka. A cultura de criação de valores humanos, oriunda do sistema Soka, tem a missão de ampliar as possibilidades de despertar em cada ser humano a conscientização de seu potencial interior e oferecer oportunidades para desenvolvê-lo e ampliá-lo no seu ambiente, partindo de uma ação local para obter resultados globais. Entendendo a educação como um acontecimento pessoal e como fonte de criação de valor, onde a cultura e a humanidade são transmitidas, conservadas e transformadas, o Sistema Soka propõe uma transformação da relação entre cultura e educação, com ideais humanísticos, possibilitando assim, uma cultura de paz. Serão apresentados os ideais da Cultura Soka como relevantes para a cultura contemporânea em geral e o panorama da produção cultural voltada para o campo de quem faz e a partir de que temáticas, sua relação com a Educação Soka e quais projetos que abordam a educação e a cultura nesses conceitos.

Museu, sociedade e desenvolvimento.O núcleo experimental de educação e arte / MAM-RJ e a construção de uma gestão participativa

Museu, sociedade e desenvolvimento.O núcleo experimental de educação e arte / MAM-RJ e a construção de uma gestão participativa

Comentários desativados em Museu, sociedade e desenvolvimento.O núcleo experimental de educação e arte / MAM-RJ e a construção de uma gestão participativa

Diante de um trabalho intenso de acompanhamento e participação dos processos iniciais do Núcleo Experimental de Educação e Arte do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro [MAM-RJ], reflito nesta monografia sobre as questões que norteiam o universo dos museus brasileiros na atualidade. A partir da observação e reflexão coletiva no trabalho de campo, esta monografia é o resultado das minhas reflexões pessoais sobre o que foi conversado, praticado e vivido ao longo dos meses.

Diversas temáticas são abordadas a partir do universo complexo no qual o museu se insere: afeto, redes, empoderamento [empowerment] social, cultura popular e erudita, esvaziamento dos museus, e outras questões mais são trazidas para se pensar sobre os desafios que envolvem as ações participativas do público e dos educativos no universo da arte nos museus.

O trabalho foca-se nas relações museu-cidade, museu-sociedade e museu-indivíduo, repensando o seu papel com estes, refletindo ainda sobre uma possível reforma baseada nos fundamentos da museologia social e das percepções de Paulo Freire e Edgar Morin sobre educação.

O estudo do modelo educacional atual pela perspectiva da diferença

O estudo do modelo educacional atual pela perspectiva da diferença

Comentários desativados em O estudo do modelo educacional atual pela perspectiva da diferença

O Estudo do Modelo Educacional Atual pela Perspectiva da Filosofia da Diferença é um projeto que busca, através de pesquisa e trabalho de campo, compreender como o ambiente educacional desenvolve seu trabalho com a educação infantil. Não apenas criticar, como suscitar questões e possíveis diretrizes, que visem à criatividade, meios de expressão autônomos, ou seja, dentro das multiplicidades, priorizar desejos, diferenças e aptidões. Acender logo na infância a percepção da importância de saber argumentar, produzir e escolher, possibilitando adultos com espírito crítico e com desejo de participação ativa na sociedade.

Para desenvolver e possibilitar estes ideais serão propostas diretrizes, e principalmente através da inserção de práticas culturais ao trabalho pedagógico, favorecer a conexão de idéias, estímulo a capacidade de intervenção, criação e compreensão. Isto porque as práticas culturais encaminham a formação de gostos, personalidade, percepção, trabalho em equipe, imaginação, observação e raciocínio, proporcionando um novo olhar as disciplinas não mais como locais de absorção, mas sim de reflexão e expressão.