As Três Cidras do Amor – Desmembrando os contos populares

As Três Cidras do Amor – Desmembrando os contos populares

Comentários desativados em As Três Cidras do Amor – Desmembrando os contos populares

Este trabalho tem como objeto de estudo os contos populares, e como proposta, o desmembramento dos elementos essenciais que os compõem, utilizando a narrativa oral, a performance, as teorias da cultura popular na Europa medieval e moderna e duas versões do conto “A Moura Torta”.

Jornalismo cultural: As relações entre cultura e comunicação – um estudo de caso do jornal Meia Hora de Notícias

Jornalismo cultural: As relações entre cultura e comunicação – um estudo de caso do jornal Meia Hora de Notícias

Comentários desativados em Jornalismo cultural: As relações entre cultura e comunicação – um estudo de caso do jornal Meia Hora de Notícias

O presente trabalho apresenta uma proposta de pesquisa sobre a relação entre comunicação e cultura, mais precisamente no âmbito do jornalismo cultural. Para verificar esta conexão, pretende-se analisar separadamente alguns aspectos da área da comunicação e da cultura e da forma como cada uma exerce influência sobre a outra.

Geração Babel: outras tradições para a Poesia Brasileira dos anos 90

Geração Babel: outras tradições para a Poesia Brasileira dos anos 90

Comentários desativados em Geração Babel: outras tradições para a Poesia Brasileira dos anos 90

Este trabalho procura traçar um panorama da poesia brasileira produzida a partir dos anos 1990 que seja alternativo àquele traçado regularmente pela crítica oficial, constante das diversas antologias sobre a época. Pensando o arsenal de poetas desta época como Geração Babel, por sua grande variedade de estilos e linguagens, o que dificulta a deflagração de um movimento, serão analisados dois grupos que funcionam como tradições outras dessa poesia: o grupo de poetas em torno da Editora Azougue e o grupo de poetas em torno do CEP 20.000, Centro de Experimentação Poética.

A sexualidade infanto-juvenil nos quadrinhos. Um estudo das adaptações à cultura contemporânea em A turma da Mônica jovem

A sexualidade infanto-juvenil nos quadrinhos. Um estudo das adaptações à cultura contemporânea em A turma da Mônica jovem

Comentários desativados em A sexualidade infanto-juvenil nos quadrinhos. Um estudo das adaptações à cultura contemporânea em A turma da Mônica jovem

O presente trabalho examina o universo da sexualidade infanto-juvenil contemporânea através da análise das histórias criadas, a partir de 2008, pelo cartunista brasileiro Maurício de Sousa: A turma da Mônica jovem, considerada uma ―atualização‖ da versão anterior desses quadrinhos, o clássico A turma da Mônica. Com esse objeto no foco, na primeira parte deste estudo são analisadas as alterações sofridas pelo conceito de infância na cultura ocidental, especialmente aquelas promovidas pelas transformações de nossa sociedade no decorrer dos últimos séculos. A segunda parte do trabalho apresenta uma análise das HQs de A turma da Mônica, estabelecendo comparações entre as duas versões: a já tradicional, na qual os personagens são crianças de sete anos de idade, e a mais recente, na qual os mesmos personagens têm quinze anos de idade. E por fim, em um terceiro momento, avalia o comportamento, as ideias e as reações de um grupo de crianças – com idade média de nove anos – em uma aula dedicada à leitura dos gibis. Essa experiência empírica foi idealizada e dirigida pela proponente desta pesquisa, com a intenção de observar a recepção de ambos os tipos de revistas por esse público, particularmente no que tange aos assuntos ligados à sexualidade.

Os desafios estéticos de Lemony Snicket

Os desafios estéticos de Lemony Snicket

Comentários desativados em Os desafios estéticos de Lemony Snicket

Esta pesquisa buscou analisar a refinada estética de Lemony Snicket, autor das Desventuras em Série. Cabe destacar a enorme importância da aplicabilidade das teorias da estética da recepção e do efeito no entendimento da obra. A tematização do leitor e as relações dialógicas também são discutidas, bem como a noção de autoria e identidade. Procurou-se investigar a interpenetração das maneiras discursivas que povoam o imaginário da criança, do jovem e do adulto, bem como descobrir as razões de essas estórias com temáticas tão polêmicas estarem direcionadas ao público infanto-juvenil.