O Ciclista Aprendiz – pelos caminhos patrimoniais de Mário de Andrade

Tema:
O Ciclista Aprendiz – pelos caminhos patrimoniais de Mário de Andrade
Autor:
Lucas Garcia Nunes
Orientador:
Prof. Dr. Wallace de Deus Barbosa
Instituição:
UFF
Ano:
2013

 

Resumo

O Ciclista Aprendiz é a proposta de um circuito cultural percorrido de bicicleta pelo interior do Estado de São Paulo, baseado nas obras do escritor, pesquisador e pensador Mário de Andrade (1893 – 1945). Demos para este projeto destaque para as obras: O turista aprendiz e Mário de Andrade: cartas de trabalho, nas quais o escritor narra, através um diário e algumas cartas, suas viagens ao norte e nordeste brasileiros no ano de 1927 e 1928, e pelo interior paulista para inventariar bens culturais em 1937. O circuito é iniciado na cidade de Araraquara, passando por Porto Feliz, Itu, Sorocaba, São Roque, Atibaia e Bom Jesus dos Perdões, totalizando cerca de 630 km. Essas cidades foram apontadas por Mário, em 1937, como “valiosas para o patrimônio cultural brasileiro e paulista”. A bicicleta é peça fundamental do projeto, pois permite uma leitura do tempo/espaço com uma diferente dinâmica de reflexão sobre os espaços visitados. O projeto contempla o patrimônio cultural, a construção dos espaços afetivos e as políticas que o envolvem, propõe uma reflexão a cerca do cicloturismo, da mobilidade urbana e qualidade de vida. Por outro lado, a importância do condicionamento físico e mental nesse projeto é fundamental e permite trabalhar o corpo de uma forma completa, diagnosticando a problemática do pensamento patrimonial cultural brasileiro e o conectando com as políticas de saúde.