Folia em ordem: uma análise do Carnaval de Rua contemporâneo na cidade do Rio de Janeiro

Folia em ordem: uma análise do Carnaval de Rua contemporâneo na cidade do Rio de Janeiro

Comentários desativados em Folia em ordem: uma análise do Carnaval de Rua contemporâneo na cidade do Rio de Janeiro

Tendo os blocos de carnaval da Zona Sul e Centro do Rio de Janeiro como
objeto, buscamos responder às seguintes questões ao longo dos capítulos: por quê e
como se dá a retomada do carnaval de rua na cidade? Qual é a conjuntura desta
retomada? Quais características os blocos apresentam? Eles incorporam elementos de
uma identidade cultural? Como os blocos se relacionam com a cidade do Rio de
Janeiro? E como a cidade dá conta deste fenômeno cultural?

Revista, Broadway e Rio de Janeiro. Desafios e conquistas do mercado contemporâneo dos musicais cariocas

Revista, Broadway e Rio de Janeiro. Desafios e conquistas do mercado contemporâneo dos musicais cariocas

Comentários desativados em Revista, Broadway e Rio de Janeiro. Desafios e conquistas do mercado contemporâneo dos musicais cariocas

O casamento entre música e teatro no Brasil remete diretamente ao teatro de revista, um gênero alegre e irreverente que dominou os palcos cariocas desde o final do século XIX. Sua história encontra eco atualmente no gênero do teatro musical, que desde 2001 vem passando por um grande processo de evolução técnica e artística. Hoje o Rio de Janeiro é um polo na produção de musicais, tendo como grande destaque os espetáculos Tim Maia – Vale Tudo, O Musical, O Mágico de Oz e Rock in Rio – O Musical, todos contemporâneos e ao mesmo tempo tão diferentes entre si. O mercado dos musicais é um terreno fértil de criação e negócios, já alcançou muitas conquistas, mas ainda possui desafios a superar.

O processo de consolidação do mercado fonográfico infantil no Brasil dos anos 80.

O processo de consolidação do mercado fonográfico infantil no Brasil dos anos 80.

Comentários desativados em O processo de consolidação do mercado fonográfico infantil no Brasil dos anos 80.

Esta monografia busca analisar as coproduções musicais e televisivas do universo infantil durante a década de 1980, destacando a parceria entre a televisão brasileira e a indústria fonográfica, buscando perceber como o mercado da música neste nicho foi consolidado, fazendo um estudo de caso dos mais emblemáticos.

Tomie Ohtake e o Abstracionismo Informal no Brasil

Tomie Ohtake e o Abstracionismo Informal no Brasil

Comentários desativados em Tomie Ohtake e o Abstracionismo Informal no Brasil

O presente trabalho tem como proposta delinear a trajetória da artista plástica Tomie Ohtake, partindo da análise do Abstracionismo Informal no Brasil e no mundo, e considerando as origens deste estilo a partir do Expressionismo Alemão, quanto os artistas e movimentos precursores à artista.

Cultura e Identidade: O papel do intercâmbio internacional no processo de percepção do outro e de si mesmo

Cultura e Identidade: O papel do intercâmbio internacional no processo de percepção do outro e de si mesmo

Comentários desativados em Cultura e Identidade: O papel do intercâmbio internacional no processo de percepção do outro e de si mesmo

Este trabalho trata do convênio de intercâmbio internacional do ponto de vista da Produção Cultural. Assim sendo, buscou-se uma reflexão acerca de temas importantes como a cultura e a identidade. Começando pelas definições básicas de cultura, a pesquisa passa pela modernização e pela discussão do papel da universidade na produção e consolidação da mesma. No que se refere à identidade, foram trabalhados temas como Identidade Cultural, estereótipo e preconceito. Após essa reflexão, foi feito um estudo de caso sobre o meu próprio período de intercâmbio realizado no ano de 2010 através da Universidade Federal Fluminense. O estudo de caso consta de uma breve comparação entre a Suécia e o Brasil, um mapeamento dos convênios de intercâmbio internacional da Diretoria de relações Internacionais da universidade e finaliza o trabalho com considerações pessoais sobre o convênio.

Brasilidades na região parisiense: o olhar deslocado em uma terra de conflitos

Brasilidades na região parisiense: o olhar deslocado em uma terra de conflitos

Comentários desativados em Brasilidades na região parisiense: o olhar deslocado em uma terra de conflitos

A identidade cultural já não pode ser vista como algo ligado unicamente ao nacional, pois sofre influência do constante fluxo de informações, pessoas e culturas. Baseado nisso, a formação de comunidades de brasileiros na região parisiense reflete alguns questionamentos em torno do sentido de pertencimento na atualidade. O significado de ser brasileiro no exterior remete a diferentes momentos em que tradições, símbolos e ideologias foram imaginados como características nacionais. A capital francesa, vista outrora como modelo cultural do mundo, hoje recebe centenas de brasileiros que querem mostrar sua produção cultural de forma igualitária. Este trabalho tem por objetivo mostrar que a arte torna-se um instrumento agregador, tanto da comunidade brasileira lá inserida, quanto destes com a população parisiense, gerando respeito e admiração. As expressões de brasilidade em Paris, além de trazerem todas essas questões, dialogam com o novo e conflituoso local em que se encontram. A partir de questionários e entrevistas, percebe-se que a arte, representada ou repensada, é freqüentemente negociada simbolicamente.

O entre o samba brasileiro e o jazz norte-americano. Transformações da música negra no Novo Mundo.

O entre o samba brasileiro e o jazz norte-americano. Transformações da música negra no Novo Mundo.

Comentários desativados em O entre o samba brasileiro e o jazz norte-americano. Transformações da música negra no Novo Mundo.

Este trabalho se apresenta como monografia de conclusão do curso de graduação em Produção Cultural, pela Universidade Federal Fluminense; pretendo com ele realizar uma coletânea de observações pessoais sobre desdobramentos musicais decorrentes da escravização e vinda dos negros africanos para terras americanas. É ainda uma análise baseada em experiências pessoais dos autores que figuram na bibliografia deste estudo, visto que não houve propriamente um trabalho de campo, apenas uma pequena vivência num vasto universo musical, que a minha modesta experiência como músico e ouvinte permitiu ao longo dos anos.

Nas linhas que seguem está descrita uma conclusão própria, porém concebida a partir do confronto de alguns pontos de vista diferentes, presentes em dissertações que abordam o pensamento musical ocidental e as origens musicais dos negros africanos. Sendo a América o local onde estes dois elementos diferentes, por vezes antagônicos, entraram em choque, a idéia é estudar os desdobramentos deste contato, em paralelo, reconhecendo semelhanças e discrepâncias, sobretudo no que diz respeito a como isso foi assentado no seio da cultura popular americana.

Desse modo, esta é uma tentativa de reunir conhecimento em torno de novos e antigos dados, culturais e históricos, sobre a saga da experiência musical negra na América, contada a partir das transformações causadas e sofridas por esta música no decorrer das décadas e séculos que se passaram desde sua chegada até a atualidade.

Posso dizer que busco, na música dos descendentes dos negros que vivenciaram a terrível experiência do cativeiro em uma terra completamente diferente da sua, uma história contada através de seu ponto de vista, o que, em minha hipótese, é algo que somente a música poderia expressar.