NITERÓI E SEU “CAMINHO” PARA A MODERNIZAÇÃO.

NITERÓI E SEU “CAMINHO” PARA A MODERNIZAÇÃO.

Comentários desativados em NITERÓI E SEU “CAMINHO” PARA A MODERNIZAÇÃO.

Este trabalho tem como foco o estudo do Caminho Niemeyer e sua relação com a cidade de Niterói e os moradores desta, através dos conceitos de território e territorialidades. Inicia-se pela análise dos planos urbanísticos aplicados na cidade desde o século XIX até a construção do Caminho. Dessa forma, o trabalho traz discussões sobre as atuais intervenções urbanísticas e os novos modelos de cidade e suas consequências sociais, tais como a espetacularização dos espaços das cidades e o marketing urbano ou city-marketing. Apresenta, também, críticas sobre o objeto deste trabalho, olhando-o sob a luz da sociabilidade e do pertencimento, questionando sua função social e cultural.

Centro Cultural das Artes Integradas da Ilha Do Governador

Centro Cultural das Artes Integradas da Ilha Do Governador

Comentários desativados em Centro Cultural das Artes Integradas da Ilha Do Governador

Este trabalho é um projeto de implantação de um centro cultural para a Ilha do
Governador. Através de um estudo de políticas culturais e como os centros culturais podem articulá-las, assim como da história e raízes culturais da Ilha do Governador, foi apontada uma forma de construir o centro cultural nessa região, pensada de modo a transformar a sua situação vigente. Além de demonstrar as possibilidades de crescimento da cultura local, tendo em vista que as ações e as políticas culturais têm um alcance limitado na região.

CINEMA DIGITAL E DEMOCRACIA DA PRODUÇÃO NA SÉTIMA ARTE

CINEMA DIGITAL E DEMOCRACIA DA PRODUÇÃO NA SÉTIMA ARTE

Comentários desativados em CINEMA DIGITAL E DEMOCRACIA DA PRODUÇÃO NA SÉTIMA ARTE

A presente monografia procura levantar algumas questões específicas sobre a transição do cinema em película para o cinema digital, conforme sua influência na cinematografia brasileira. É considerada relevante para o trabalho a análise do filme “Apenas o fim”, do cineasta Matheus Souza, filmado totalmente em mídia digital, tendo como eixo central da reflexão o processo de produção, distribuição e exibição da obra. Levanta-se com isso, a discussão em torno da democratização da produção na sétima arte, tentando-se compreender como tal evento se reflete na produção nacional e quais as mudanças e possibilidades na distribuição e exibição dos filmes digitais.

Teatro Infantil – História, Reflexões e Caminhos

Teatro Infantil – História, Reflexões e Caminhos

Comentários desativados em Teatro Infantil – História, Reflexões e Caminhos

Este trabalho apresenta um panorama histórico do teatro infantil no Brasil e no mundo e aponta reflexões pertinentes ao teatro infantil como obra de arte e como produto cultural inserido na sociedade brasileira. Para a realização do estudo utilizou-se o método de revisão e compilação bibliográfica, somado à análise do cenário atual do teatro infantil, principalmente no eixo Rio-Niterói.

Engenharia do Entretenimento e Produção Cultural

Engenharia do Entretenimento e Produção Cultural

Comentários desativados em Engenharia do Entretenimento e Produção Cultural

O presente trabalho estabelece e potencializa os conceitos de Engenharia do Entretenimento e
Produção Cultural, fazendo uma análise da cultura de gerenciamento de projetos pelos
profissionais da área, provocando uma discussão sobre as metodologias, técnicas e
ferramentas usadas por tais profissionais em seus projetos, em especial, sobre o conhecimento
e a aplicação dos conceitos e ferramentas propostas pelo o PMBOK GUIDE.

Meu querido Erasmus. Intercâmbio como Produção Cultural

Meu querido Erasmus. Intercâmbio como Produção Cultural

Comentários desativados em Meu querido Erasmus. Intercâmbio como Produção Cultural

O presente trabalho pretende analisar o fenômeno contemporâneo dos
intercâmbios e como essas experiências afetam diretamente a formação de
novos sujeitos e sua visão do mundo. Meu Querido Erasmus investiga as
trocas, descobertas acerca do contato com pessoas de diferentes
nacionalidades e vivências, identidades culturais e busca entender em quem se
transforma o sujeito que vive esses afetos de maneira intensa, esse ser
Erasmus, antropofágico, aberto, a possível representação do Ser pós-moderno,
o agente que conserva suas características pátrias e subjetivas, mas, passa a
ser um pouco de cada canto, um pouco de cada um, sendo, por isso, um
cidadão do mundo, que compreende as diferenças de cada indivíduo. O
trabalho também busca entender como o intercâmbio poderia influenciar o
comportamento dos estudantes depois de viver essa experiência.

Diagnóstico sobre gestão e usos de um equipamento cultural no interior da Bahia.

Diagnóstico sobre gestão e usos de um equipamento cultural no interior da Bahia.

Comentários desativados em Diagnóstico sobre gestão e usos de um equipamento cultural no interior da Bahia.

A pesquisa apresenta um diagnóstico sobre o Centro Cultural Ceciliano de Carvalho, principal
equipamento cultural de Senhor do Bonfim, cidade localizada na região norte da Bahia.
Foram investigados a gestão e usos do espaço de cultura, a partir de informações obtidas
através da pesquisa de campo, em entrevistas com gestores, artistas e produtores do
município. A análise da cena cultural bonfinense, feita através de pesquisa documental e
bibliográfica, antecede esta etapa. Foi diagnosticada a necessidade de reforma física,
equipamentos técnicos, equipe de trabalho, programação regular e, principalmente, efetivação
do protagonismo cultural no espaço. As 16 entrevistas realizadas forneceram dados para a
elaboração de um plano de ação para o Centro Cultural Ceciliano de Carvalho, tomando como
base o edital de Dinamização de Espaços Culturais, da Secretaria de Cultura do Estado da
Bahia (Secult-Ba). O trabalho apresenta como produto o blog Produção no Sertão, página na
qual foram disponibilizadas as entrevistas feitas durante a execução do estudo.

PEDRA DO SAL: O resgate da memória africana em um dos berços do samba

PEDRA DO SAL: O resgate da memória africana em um dos berços do samba

Comentários desativados em PEDRA DO SAL: O resgate da memória africana em um dos berços do samba

As manifestações culturais de matriz africana, como o samba, vêm sendo
atualmente cada vez mais inseridas na cidade por meio de um intenso movimento de
resgate da cultura popular, como as rodas de samba que acontecem na Pedra do
Sal, que retomam um lugar da cidade tradicionalmente negro e vinculado ao samba.
É inegável, contudo, que as manifestações da cultura negra sejam um reflexo dos
gostos nos dias de hoje. A aproximação entre essa região que historicamente é
negra e afrobrasileira e seus admiradores é notório. É a partir do resgate do
passado, do antigo através da busca por compositores de gerações anteriores que
novos músicos recriam gêneros musicais tradicionais. Através de práticas,
representações, expressões artísticas e da profissionalização constroem as suas
identidades de sambistas. Os consumidores criam um espaço para interação,
sociabilidade e mantém relações sociais. Esse público consumidor recria a figura de
um novo malandro através da manutenção de alguns itens tradicionais na
vestimenta desse personagem e também pela troca e acréscimo de outros. Os
consumidores das rodas de samba da Pedra do Sal criam uma identidade coletiva
por possuírem algumas práticas e valores em comum.

KITSCH FOR DUMMIES : manual de instruções para novos usuários

KITSCH FOR DUMMIES : manual de instruções para novos usuários

Comentários desativados em KITSCH FOR DUMMIES : manual de instruções para novos usuários

A pesquisa analisa o kitsch, através de estudos de caso. Após seu surgimento, durante
a modernidade, as mudanças comportamentais e artísticas desenvolveram duas classes, e com
elas, dois produtos de consumo: a vanguarda e o kitsch. Porém é na pós-modernidade que ele
tem seu reconhecimento. A estética presente na arte e nas diversas formas de consumo, fazem
parte de um estilo resistente. Este trabalho apropria-se da linguagem de um manual de
instruções; com base nos teóricos Clement Greenberg, Abraham Moles, Hal Foster, Rozalind
Krauss, Marshall Berman, David Harvey, Clara Irazabal e outros, para construir o percurso do
kitsch até os dias atuais.

Projeto Cineclube luzes da cidade

Projeto Cineclube luzes da cidade

Comentários desativados em Projeto Cineclube luzes da cidade

O presente trabalho apresenta a proposta para realização do projeto Cineclube Luzes da
Cidade. O dossiê que precede o projeto visa conhecer e analisar a população de rua e as
ferramentas principais que compõem o projeto: o vídeo participativo e o cineclube, como
práticas de imputação de sentido. No projeto em si são expostas as estratégias para viabilizar a
realização de todas as etapas do processo de produção.