O som que Deus criou: análise de distribuição e consumo de música gospel na sociedade evangélica

O som que Deus criou: análise de distribuição e consumo de música gospel na sociedade evangélica

Comentários desativados em O som que Deus criou: análise de distribuição e consumo de música gospel na sociedade evangélica

O trabalho analisa a distribuição e consumo de música gospel, o crescimento do
mercado gospel tanto financeiramente e quanto culturalmente, a importância do produtor
cultural no mercado evangélico e faz refletir a importância que o segmento gospel tem para o
mercado de trabalho do produtor cultural.
A justificativa para voltar à atenção do produtor cultural para este segmento vem da
crescente demanda por profissionais do setor, que deveria acompanhar o crescimento do
mercado consumidor gospel nos últimos dez anos.
O objetivo principal do estudo é como um fenômeno cultural que surgiu nas igrejas e
na fé, pode se tornar mercado de trabalho para profissionais de produção cultural. Em
contraponto, o trabalho mostra a dificuldade de aceitação dos dois lados, evangélicos e
produtores não evangélicos, e como é complicado mudar hábitos até mesmo em meios
acadêmicos.
O trabalho conceitua o que é o segmento gospel sob o ponto de vista sociológico e
religioso, analisa a criação, distribuição e consumo do gospel evangélico, entrevista
produtores musicais e culturais e mostra o que pode ser feito para que um produtor cultural
fora desta área de atuação tenha sua atenção voltada para este mercado.
Ficou claro que o mercado consumidor cresce a cada dia, necessita de profissionais
qualificados, poderia fazer parte de currículos acadêmicos específicos, e precisa superar
preconceitos de ambas as partes (mercado e produtores), para se adequar à realidade do
segmento gospel que já ocupa um lugar muito mais do significativo no mercado fonográfico.

A experiência multicultural e a produção coletiva de identidade

A experiência multicultural e a produção coletiva de identidade

Comentários desativados em A experiência multicultural e a produção coletiva de identidade

O caso aqui mostrado em forma de monografia representa um breve relato sobre a minha experiência profissional a bordo de navios do tipo transatlântico intercambiando passageiros entre países e continentes com o uso de tripulação culturalmente diferenciada que, a despeito dessa diversidade, convive e interage de forma respeitosa e harmônica, sendo responsável pela construção de uma ambiência cultural nova na qual está inserida.

OS ENCONTROS DA EDUCAÇÃO E DA CULTURA.

OS ENCONTROS DA EDUCAÇÃO E DA CULTURA.

Comentários desativados em OS ENCONTROS DA EDUCAÇÃO E DA CULTURA.

Ao longo dos anos cresce o número de autores que vem discutindo a intrínseca relação existente entre a cultura e a educação. Para além do debate puramente dito, cresce também o número de iniciativas, sejam elas públicas ou privadas, que vem trabalhando para unir essas duas áreas. No presente trabalho temos como objetivo propor a atuação do produtor cultural dentro das instituições escolares, tomando como base que a escola tem se tornado espaço público de encontro, diálogo e construção de cidadãos produtores de cultura.