Tomie Ohtake e o Abstracionismo Informal no Brasil

Tema:
Tomie Ohtake e o Abstracionismo Informal no Brasil
Autor:
Renata Dupré Lobato
Orientador:
Prof. Dr. Ítalo Bruno Alves
Instituição:
UFF
Ano:
2013

 

Resumo

O presente trabalho tem como proposta delinear a trajetória da artista plástica Tomie Ohtake, partindo da análise do Abstracionismo Informal no Brasil e no mundo, e considerando as origens deste estilo a partir do Expressionismo Alemão, quanto os artistas e movimentos precursores à artista.A pesquisa tem como foco sua obra, com base nos aspectos históricos-sociais de sua biografia, assim como o fundamental encontro do ocidente com o oriente em
suas diversas formas de expressões artísticas como pinturas, esculturas, gravuras e obras de arte públicas. O objetivo fundamental é o de refletir sobre a trajetória de Tomie Ohtake como artista plástica, inserida no contexto do abstracionismo informal, proeminente linguagem artística na América do Norte e Europa, contextualizando-a nos moldes brasileiros. Ao partir destes pressupostos, este estudo tem ênfase na obra de Tomie, bem como em sua singularidade como artista, refletindo sobre sua importância no cenário das artes plásticas no Brasil por meio da análise de livros, entrevistas, filmes e exposições sobre a obra da artista.